I love this life!
Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio. Vire meu mundo do avesso.
Clarice Lispector.  (via quem-roubou-nossa—coragem)
Por favor, não me analise. Não fique procurando cada ponto fraco meu. Se ninguém resiste a uma análise profunda, quanto mais eu… Ciumento, exigente, inseguro, carente. Todo cheio de marcas que a vida deixou. Vejo em cada grito de exigência. Um pedido de carência, um pedido de amor. Amor é síntese. É uma integração de dados. Não há que tirar nem pôr. Não me corte em fatias. Ninguém consegue abraçar um pedaço. Me envolva todo em seus braços. E eu serei o perfeito amor.
Mario Quintana. (via quem-roubou-nossa—coragem)
sou-inseguro:

.
Um dia me perguntaram se eu já havia me apaixonado por alguém e eu disse “Não sei”, então a pessoa me veio com “Se você não sabe é porque nunca aconteceu”. E eu quis saber como ele tinha tanta certeza e fui convencida com um “Porque machuca, mesmo quando tudo está bem”.
Gabito Nunes. (via quem-roubou-nossa—coragem)
Para cada lágrima existe um sorriso. Para cada dor uma alegria. Para cada decepção a vontade de prosseguir. Para cada fim um recomeço. Para cada ferida uma cura. Para cada coração partido um novo amor. Pois veja, cada qual com sua cura. Prossiga garota, a vida pode não ser tão boa, mas você pode faze-la ser.
Mar, amar.  (via serapoetisa)
Eu queria ele. Na forma mais inocente e simples da palavra, eu o queria. Queria ele ao meu lado, senti-lo perto de mim, queria ele ao meu lado na cama, queria ele bem pertinho de mim, queria ele dormindo de conchinha junto comigo, queria dá selinho e mais selinhos naqueles doces lábios vermelhinhos, queria tudo com ele. Eu simplesmente o queria porque o que não me falta é a vontade de tê-lo comigo e fazê-lo meu.
A Escritora de Bar.    (via ortograficar)
Sabe quando da aquela dor no peito, e a vontade de chorar vem, ás vezes você está em publico, e não pode chorar, tem medo do que as pessoas vão pensar sobre você, mas fique sabendo que se eu chorei em publico, é porque não deu mais pra aguentar tanta dor acumulada, é complicado quando você sente tanto e não pode expressar tudo isso, quando você está morrendo por dentro e ninguém percebe, quando você vê que está tudo bem e uma simples palavra acaba com tudo, com o seu dia inteiro, apenas uma palavra, isso dói muito, mas enfim a vida segue em caminhos tortos desenhados em linhas retas, ou caminhos retos desenhados em linhas trotas, ninguém sabe ao certo, mas todos sabem que uma hora você ira fugir desse caminho e mas uma barreira aparecera, barreiras e desafios, que mesmo que você podendo supera-los não é fácil aguentar o mal que eles o faz e as sequelas deixadas, eu me pergunto todos os dias por que tanto sofrimento, eu me questiono, me ignoro, me confundo, julgo e até me mutilo, minha alma esta em constante sofrimento, meu corpo todo dia ganha uma nova marca, todo dia eu me puno para que as pessoas não sofram mais e mais, e você se pergunta por que? Sinceramente eu não tenho como te responder, pois esta pergunta me maltrata dia após dia, tem horas que eu canso, tem horas que eu quero desistir, tem horas que não sei o que fazer, e tem apenas horas … Vida cansada, vida… Mesmo com tantas barreiras eu estou bem agora, por bem ou por mal, eu estou bem, bem… Estou sendo julgado pelos meus crimes contra mim mesmo, orem por mim, peçam para que eu seja perdoado, é triste a realidade de quem esta lendo as minhas palavras, vocês iram me julgar, mas eu sou mas um que não soube derrubar os problemas e contudo eles despencaram em cima de mim, acredito que comigo longe vocês estejam melhor.
Essas foram as ultimas palavras deixadas por um menino, em uma folha amassada e ensanguentada, ele atirou na sua própria cabeça em seu quarto na sua própria casa.
Cartas dos Derrotados - Mais um a se somar.  (via ortograficar)
Ela tem uma risada incrível. E sem querer ser um babaca, mas ela tem tudo pra ser perfeita. Mas não é, claro. Ela tem mil idiotices e chatices na bagagem. E ela tem medo de tudo. Tem um ar de menina independente, que não precisa de ninguém. Mas quando tá no escuro, ainda pede pra alguém abrir um pouquinho a porta e deixar a luz entrar. Ela tem vergonha até de ligar pra pizzaria pra pedir uma pizza, cara. Quem no mundo é assim? Mas ela é tão indiferente, que a minha diferença não afeta ela em nada. Eu acho que ela pode ser o mundo inteiro se ela quiser. E ela é teimosa. E guarda rancor na mala. Ela sabe perdoar, mas precisa de umas aulinhas de como esquecer. Quando ela desiste ou acha que sabe de tudo, não tem jeito. Meu Deus, que mania insuportável que ela tem de achar que pode burlar tudo o que mandam ela fazer. Porque ela nunca tá satisfeita com nada. Nadinha.
Robin and Stubb.    (via ortograficar)
Quero você ao meu lado. Quero lhe fazer cafuné a noite, quero ouvir você sussurrar que me ama antes de dormir, quero ter suas mãos nas minhas no cinema, na cama e na rua, quero saber que sempre vou encontrar você em casa me esperando e quero acordar todos os dias com a pessoa mais perfeita para mim: você.
Desejos de Arthur - 2.359,9 km longe de você. (via ortograficar)
Não me leve a mal quando o meu coração tomar impulsos exagerados, quando minhas palavras saírem desgovernadas, quando eu brigar contigo por uma coisa boba. De segundo a segundo eu planejo, imagino teu sorriso, teu abraço, teu olhar ao me fitar. Muitas sensações para que eu lide sozinha, e o sentimento… esse já se tornou indescritível. Me perdoa por nem sempre fazer a coisa certa, por nem sempre te fazer sorrir quando eu deveria, perdoa essa minha falta de jeito, ou excesso dele, perdoa amor.
Clara Brandão. (via ortograficar)